1- De empresário reactivo a empreendedor pró-activo


Nas minhas actividades de Consultor e Business Coach, tenho trabalhado com muitos empresários e resolvi partilhar algumas ideias e aprendizagens que transmiti e outras que recebi. O facto é que retirámos destas actividades mais-valias, como pessoas, como profissionais, assim como melhorias, em alguns casos significativas no desenvolvimento dos negócios.

A primeira acção que tomo é de natureza paradigmática. Tento ajudá-los a perceber o que ser empreendedor, pois tenho verificado que a maioria dos empresários tem um negócio adiado, e tem um “auto-emprego” pois trabalham no negócio em vez de trabalharem para ele.

O primeiro trabalho tem a ver com a consistência do próprio negócio e de que forma iremos conjuntamente criar mais negócios.

Muitos destes empresários tem empresas há vários anos, criaram as empresas numa economia em crescimento, menos concorrencial que a actual e onde as acções de marketing e vendas eram reactivas.

Hoje o cenário económico é diferente, a economia está em recessão, há mais concorrência e há uma intensificação das políticas de marketing e vendas. A maioria dos empresários já percebeu que tem de ir à procura de clientes.

Há muitos empresários que já desistiram, mas outros estão disponíveis para ir à luta.

O facto de estarmos em recessão só significa que há retracção na actividade económica, porque os negócios continuam a existir. Há é muito mais selectividade e as decisões de compra são mais racionais, pois o dinheiro é mais escasso.

Por isso entendo que melhorar as competências empreendedoras do empresário é o principal passo para a sobrevivência de um negócio. Por isso entendo que o caminho é transformar um empresário reactivo ao mercado, num empresário pró-activo para o mercado.

Começo sempre com estas perguntas:

1-  Qual foi a última vez que fez uma pausa para pensar no seu negócio?

2-  O que é que você quer do seu negócio e da sua vida?

Solicito então de seguida que pense efectivamente sobre o seu negócio, sobre a sua motivação, sobre o que tem de fazer, que desafios vai ter de enfrentar.

Depois entrego uma folha de papel A3 e um marcador e solicito que escreva a data e o local.

Depois dou-lhe 30 minutos para escrever:

  1. Onde quer estar daqui a 12 meses?
  2. Daqui a 3 anos quer ser e ter ….
  3. E daqui a 5 anos …

Esta será a primeira sessão para a criação do novo paradigma.

O conteúdo da segunda sessão será objecto de novo post a colocar brevemente.

Sr. Empresário: trabalhe estes conselhos, se tiver necessidade de falar e esclarecer algum conceito inscreva-se numa sessão de coaching gratuita, numa das próximas quintas-feiras. Terei muito gosto em esclarecê-lo e ajudá-lo!

 

Armando Fernandes

Business Coach / Consultor de Negócios

 

Anúncios